A fotografia já surgiu como ruptura, quebrando paradigmas, pois até então, só alguns poucos artistas que possuíam o “dom”, se atreviam a retratar paisagens e o cotidiano da época. A busca incansável para fotografar, proporcionou ao simples mortal, a possibilidade de através de um simples clik, fotografar o mundo e tudo que nele vive.   
Mas, com a avanço da tecnologia, a fotografia vai muito mais além de um simples clik, pois para fotografar, é preciso ter um ser humano por trás, que apertará o botão num determinado momento “único”, eternizando o instante.  E para fotografar esse “instante único” , é preciso treinar o olhar.
Treinar esse olhar, é justamente a base dos cursos de fotografia que a Fábrica de Cultura oferece, para adolescentes e jovens do bairro do Cruzeiro. As aulas são ministradas por Daniel Gomes, um jovem que cresceu e aproveitou as oportunidades que recebeu no GAMR. As aulas acontecem de segund a sexta.

FOTOGRAFIA

Atividades da

                           Fábrica de Cultura

VÍDEO

Com o avanço da tecnologia, o domínio de técnicas ligadas ao audiovisual, é cada vez mais importante. Pensando nisso, a Fábrica de Cultura, realiza todos os dias de segunda a sexta-feira, aulas teóricas práticas de gravação e edição de vídeos, para adolescentes e jovens que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social e pessoal.
As aulas são ministradas por Jesus Silva, que de ex-aluno do GAMR, hoje se orgulha de ser o professor.

MARACATU

O batuque veio com os negros d’Africa, quando chegaram em Pernambuco como escravisados, mas no GAMR e na Fábrica de Cultura, o som ganhou o tom de liberdade, e as alfaias começaram a ser ouvidas por toda a cidade de Gravatá. No inicio, o Maracatu era só uma forma sadia de passar o tempo, mas aos poucos os meninos e meninas começaram a sentir gosto e os convites foram aparecendo para animar as festas locais. Hoje, o “Maracatu da Fábrica”,  já é a maior referência de batuque na cidade de Gravatá.

Os ensaios restritos as crianças e adolescentes, acontecem segundas e terças-feiras das 8h30 as 10h. 

Os ensaios abertos, acontecem todos os domingos às 10h no Salão Cultural Dinho.

As aulas são ministradas pelo Mestre Maciel Ferreira

Gravar música, já não é mais privilégio de grandes corporações. O desafio agora é empoderar os jovens para gravarem o som que vem da periferia; o som que vem deles e pra eles, sem perder o compromisso com a cultura cidadã.
Assim, eles vão seguindo com aulas de captação, edição, mixagem e masterização com o instrutor Axel Oliveira. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira no Estúdio Social Harald Schoeps.

ÁUDIO

Com a missão da nossa organização sempre em mente, nos esforçamos para encontrar novas formas para lidar com esse desafio. Educação é algo que levamos muito a sério e nossa equipe trabalha incansavelmente para causar um impacto positivo. Entre em contato para saber mais sobre o nosso compromisso com esta causa.

DANÇA

A fotografia já surgiu como ruptura, quebrando paradigmas, pois até então, só alguns poucos artistas que possuíam o “dom”, se atreviam a retratar paisagens e o cotidiano da época. A busca incansável para fotografar, proporcionou ao simples mortal, a possibilidade de através de um simples clik, fotografar o mundo e tudo que nele vive.   
Mas, com a avanço da tecnologia, a fotografia vai muito mais além de um simples clik, pois para fotografar, é preciso ter um ser humano por trás, que apertará o botão num determinado momento “único”, eternizando o instante.  E para fotografar esse “instante único” , é preciso treinar o olhar.
Treinar esse olhar, é justamente a base dos cursos de fotografia que a Fábrica de Cultura oferece, para adolescentes e jovens do bairro do Cruzeiro. As aulas são ministradas por Daniel Gomes, um jovem que cresceu e aproveitou as oportunidades que recebeu no GAMR. As aulas acontecem de segund a sexta.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Ícone do Youtube Branco
  • Ícone do Linkedin Branco

Desenvolvido por

Rua do Cruzeiro, n° 380 | Gravatá-PE-Brasil | CEP 55644-160 | CNPJ: 23.642.678/0001-73 | Telefone +55 (81) 99616-5275